Conselho

O repolho é possível para mulheres grávidas: benefícios e malefícios


O repolho branco durante a gravidez é um produto muito controverso. Por um lado, contém vitaminas, minerais e fibras importantes para a gestante e, por outro, causa desconforto aos órgãos digestivos. Além disso, as mulheres durante a gravidez precisam considerar de que forma preferem usar este produto.

É possível para repolho branco grávido

O repolho branco é um produto único em sua composição - contém muitas vitaminas e minerais

Com o início da gravidez, muitas mudanças na vida da mulher, principalmente suas preferências gustativas. Alguns desistem de sua alimentação habitual e passam a usar alimentos que nunca haviam comido antes. As gestantes mais responsáveis ​​costumam se forçar a comer alimentos que contenham mais nutrientes para o benefício do bebê.

Mas nem todas as frutas e vegetais são igualmente benéficos para uma mulher grávida e um feto. O corpo de cada pessoa é individual. A reação de cada pessoa ao mesmo produto alimentar pode ser diferente. É importante entender que todas as coisas boas devem ser feitas com moderação, especialmente durante a gravidez. Durante este período, você precisa ouvir atentamente as suas necessidades e manifestações do corpo.

Freqüentemente, as mulheres grávidas têm dúvidas sobre o repolho branco. Eles não sabem se pode ser consumido e de que forma é mais útil. Deve-se notar que este vegetal contém muitas substâncias benéficas que têm um efeito benéfico em alguns órgãos que estão passando por maior estresse durante a gravidez. Os nutricionistas aprovam este produto porque é dietético.

Repolho durante o início da gravidez

No primeiro trimestre da gravidez, todos os órgãos e sistemas importantes do feto são colocados. Durante este período, você precisa monitorar a nutrição especialmente de perto. O repolho branco contém substâncias que são necessárias para o feto durante sua formação. Essas substâncias incluem ferro, ácido fólico, vitamina C. Esses componentes também são necessários para a futura mãe. Eles vão prevenir a anemia e ajudar a fortalecer o sistema imunológico. Freqüentemente, obstetras-ginecologistas recomendam adicionar chucrute à dieta. É o mais fortificado.

Importante! Os especialistas não recomendam consumir mais de 200 g de repolho por dia. Comer em excesso pode causar inchaço.

Repolho durante o final da gravidez

O produto vai bem com cereais, carnes, frango

Posteriormente, é melhor recusar o picles e o chucrute, pois o sal nele contido contribui para a formação do edema. A criança no útero continua crescendo e se desenvolvendo, com sua massa ele pressiona os rins, o que contribui para algum inchaço. A fruta ainda precisa de vitaminas e minerais, e há muito potássio no repolho, que remove o excesso de líquido, então você não pode abrir mão de tudo. Você precisa mudar para repolho cozido ou cru em saladas, então isso trará mais benefícios durante a gravidez. No entanto, não é recomendável exagerar no sal dos pratos.

Por que o repolho branco é útil para mulheres grávidas?

O produto é o mais acessível e procurado no inverno. É essencial na alimentação de mulheres grávidas. Os benefícios são os seguintes:

  • regulação de processos metabólicos;
  • efeito analgésico;
  • ação antiinflamatória;
  • excreção de colesterol e bile;
  • aumentando o tônus ​​geral do corpo;
  • fortalecimento das paredes vasculares.

Além disso, seu efeito positivo na digestão é observado. As propriedades úteis devem-se aos constituintes das vitaminas C, E, D, B, K, bem como aos minerais potássio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, zinco, molibdênio.

Atenção! Durante o tratamento térmico, parte das vitaminas e minerais é perdida, mas a maioria fica retida e torna o produto necessário para o corpo da gestante.

Por que o repolho branco é prejudicial para mulheres grávidas?

O repolho pode prejudicar o corpo da gestante apenas em caso de qualquer patologia do trato gastrointestinal. Especialmente se você usá-lo em quantidades ilimitadas. Isso pode levar à exacerbação de doenças do trato digestivo, inchaço, diarreia.

Contra-indicações para repolho branco durante a gravidez

O uso deve ser descartado em tais casos:

  • cólicas no estômago e intestinos;
  • intolerância individual aos componentes que compõem a composição;
  • predisposição à formação de gás;
  • doenças ulcerativas do trato gastrointestinal;
  • hemorróidas;
  • constipação;
  • patologia na glândula tireóide.

Vale a pena limitar o uso de um vegetal em conserva e em conserva para quem tem edema, e substituir o fresco por ensopado para gastrite e pancreatite.

Como cozinhar o repolho durante a gravidez

O vegetal contém muita fibra, o que é importante para uma mulher grávida.

É mais frequentemente usado em conserva, cozido e fresco. O chucrute durante a gravidez ajuda a livrar-se das dores de cabeça e a lidar com a intoxicação. Na primeira metade da gestação, pode ser adicionado à dieta para compensar a falta de sal, minerais, vitaminas e fibras. Os nutricionistas recomendam adicionar uma porção de cenouras, ervas frescas e óleo de girassol ao prato. Certifique-se de seguir a taxa para não causar inchaço.

O repolho branco cozido é perfeitamente absorvido no estômago e nos intestinos, é um prato dietético. Especialistas em nutrição aconselham adicionar cebola, feijão, batata ao repolho, o que aumentará as qualidades úteis do produto. Muitas mulheres cozinham mais algumas variedades desse vegetal junto com o repolho branco. A mistura resultante diversificará a dieta e a enriquecerá com proteínas.

Uma variedade de saladas são preparadas com repolho branco fresco durante a gravidez. Existem substâncias muito mais úteis em um vegetal fresco, são bem absorvidas pelo organismo, porém, tais saladas não podem ser um prato independente, pois não saturam o corpo. Os nutricionistas prestam atenção para o fato de que não se deve usar o coto, pois ele possui a maior concentração de nitratos.

Dicas úteis

Legumes em conserva ou em conserva contêm muito ácido ascórbico

O vegetal deve ser escolhido corretamente no mercado, orientado pelas seguintes dicas:

  • a cor deve ser verde claro;
  • a cabeça do repolho é densa, esticada, sem deformações;
  • as folhas na base não devem ser muito grossas - isso indica uma supersaturação com nitratos;
  • a aparência do vegetal sem manchas escuras, rachaduras.

Se o vegetal cresce no local, você deve saber que o prazo de validade do repolho depende da variedade. A vida média é de cerca de 4 meses, se armazenado corretamente em um porão ou adega. Nesse caso, o vegetal é embrulhado em papel e colocado em uma prateleira ou em caixas.

A couve pode e deve ser combinada com outros vegetais, carne, frango, cereais, batata, queijo. Portanto, muitos pratos saudáveis ​​e saborosos são preparados a partir dele.

Conclusão

O repolho branco durante a gravidez é um produto insubstituível, pois contém muitas vitaminas essenciais, macro e microelementos, fibras e ao mesmo tempo um mínimo de calorias. É importante ouvir o corpo e suas reações à introdução de novos alimentos na dieta. Os nutricionistas não recomendam o consumo descontrolado de vegetais.


Assista o vídeo: DRENAGEM LINFÁTICA NA GRAVIDEZ. Mônica Medeiros (Janeiro 2022).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos